Atrasado, saindo às pressas, estava quase no portão. Saindo, eis que vejo duas garotas no limite da vista. Viro-me pra ver melhor, e por um segundo valeu a pena olhar. No segundo seguinte, eu pisei de mal jeito e torci levemente o meu pé.

Mancando, eu perdi a aula, virei assunto pra conversa dos porteiros e espero nunca mais encontrar as duas bonitinhas…

Ah, faz 5 dias. E ainda dói quando ando subo a escada.


Então a Irmã comenta que acessou o orkut de um Grande Amigo:

Irmã: Tu sabias que ele tá namorando?
Eu: Não!
Irmã: Vocês não são amigos?
Eu: Somos, mas ele estuda do outro lado do campus, tipo tem até que atravessar uma ponte e aí num dá pra se falar muito.
Irmã: Mas, tu não tinha visto ele um dia desses.
Eu: Sim! E?
Irmã: …
Eu: …

Falando sério eu não entendi o que estava errado. Tipo eu não via o cara há séculos e então chego pra ele e pergunto “E aí? Você tá namorando alguém?”. No mínimo ele me acharia estranho e se afastaria. Correndo, se possível.


Mas, de fato é estranho ele não ter comentado sobre isso. Se fosse eu, espalharia o mais rápido possível. Talvez até usaria uma camiseta escrito “Desencalhei!”!…

Será por isso que eu num arrumo?

Nah, deve ser só meu talento em levar tombos. Eu e o chão temos uma afinidade indescritível. Sem contar com inúmeros tropeços. Às vezes eu fico pensando, que eu tenho quase vinte anos e devo ter começado andar com… sei lá… um ano? Então eu deve haver uns 18 anos que eu faço isso, não? Então por que diabos eu ainda não aprendi a andar direito? Puts eu só precisei 2 semanas pra zerar pokemon…


Meu tornozelo tá doendo… Ainda… Logo agora que eu tinha decidido praticar um esporte! Deve ser um sinal!

Será?

Anúncios