Férias de Caipira

quarta-feira, 6 / fevereiro / 2008

E tipo houve umas férias em familia. E tipo que a gente foi pra uma cidade mais ou menos perto daqui, umas cidade que tem praia, praia de mar*. Ficando em hotel, bom hotel, recomendaria a um amigo se hospedar lá.

Acontece que quando fui tomar banho, encontrei um chuveiro elétrico. Sim eu sabia que era um chuveiro elétrico, afinal nasci em Belém e já faz mais de 10 anos que a cidade foi eletrificada! Enfim, apesar disto, eu não tenho muito contato com chuveiros elétricos, por aqui nunca são muito necessário já que a temperatura media daqui gira por volta dos 35º, no inverno!

Então, apesar da cidade ter uma temperatura mais amen, o fato é que pra mim não era necessário um chuveiro elétrico. Mas mesmo assim resolvi experimentar. E talvez por falta de costume, eu não achei uma experiencia muito agradável. Pra ser sincero, aquela bosta só faltou derreter minha pele, putz, parecia metal liquido!

E o pior é que eu não encontrei a porcaria do botão pra diminuir a temperatura. Muito menos pra desligar. Assim eu desliguei o chuveiro, esperei esfriar, liguei me molhei, então esquentou e eu tive que repetir o processo (desligar-esfriar-ligar-esquentar) umas 15 vezes até conseguir me lavar completamente. Um tanto cansativo, eu diria.

Claro que depois eu descobrir como desligar aquilo, mas regular que é bom… Pois eu até queria uma agua morna, mas só tinha lava! E claro que eu virei tipo um ET por lá já que eu era o único que tomava banho frio. Mas eu num conseguia entender como é que as pessoas aguentavam banhar-se em chumbo derretido e ainda me zoar por não fazer isso tambem.

Enfim provavelmente a água nem era tão quente, provavelmente dava pra desligar e provavelmente eu sou só um caipira por dentro.

Droga!

*Praia de mar, pode parecer pleonasmo, mas é que aqui no Pará temos um litoral pequeno, em relação com seu tamanho, então é comum tambem tomar banho em rio. E muitos rios tem suas margens arenosas, aí tambem colocam umas barraquinhas e depois uns vendedores de picolé e tcharam, uma praia de rio. Então para diferenciar costumamos dizer praia de mar pra diferenciar ambos.

Anúncios