Considerações Sobre a Desfuncionalidade Romântica

sábado, 3 / setembro / 2011

Você chega, e tenta passar indiretas tão discretas quanto for possível. Tenta dar uma impressão de “Take Me Out”, passando codificadamente a seguinte mensagem:

So if you lonely/ You know I’m here waiting for you…

Parece legal e nada forçado. Se ela não tiver nenhuma alternativa melhor, você tá lá, de bobeira, disponível, sabe? E que seria muito divertido se sei lá, pra dar uma variada ela topasse tentar algo. Mas junto com esta mensagem ela vai ouvir:

But I’m a creep/ I’m a weirdo!

Vai por mim, a não ser que realmente não tenha qualquer opção disponível, e esteja desesperada porque todas as amigas se casaram e todos os ex-namorados tornaram-se gays, e o emprego estiver mal e ela tenha visto um vídeo esquisito e recebido um telefonema estranho em seguida, ela vai querer alguém se contente em ser a última opção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: