Festinha de Aniversário

domingo, 3 / junho / 2007

Eu estava necessitado de ver gente, pois faz quase um mês que eu não saio. Por que eu não saí todo esse tempo é uma outra história, o importante é que eu estava precisando sair. Aí eu soube que uma menina da minha rua estava fazendo aniversário. Bem, menina nesse caso não é jeito de dizer, porque ela realmente é bem nova, se não me engano estava fazendo 13 anos. Assim cabe observar que eu não estava muito interessado em ir.

Mas como todo mundo em casa foi e como eu não sou de dispensar um rango grátis (a mãe dela é conhecida na vizinhança por preparar ótimos pratos), então fui à festa. Engraçado é que até então eu não acreditava nessa história de “precisar ver gente”. Pois é verdade, só ir alí, comer umas pizzas ver o povinho lá dançando dance (que eu não danço porque não tenho coordenação motora, além de realmente não combinar comigo, sabe?) me fez sentir muito melhor.

Mas mudando um pouco de assunto, foi meio curioso ver minha irmã junto com um ex-namorado dela. Não, não porque estava rolando um clima, pois eu não sou desses irmãos ciumentos, na verdade, eu até gostava deles juntos, o cara é boa pessoa. O estranho foi que eu me dei conta que eu perdi completamente o contato com todas minhas ex-namoradas (cara, falando assim no plural parece até que foram dezenas, que legal!), na verdade, eu perdi contato total com todas as garotas com quem eu fiquei, exceto uma que eu falo as vezes mas ela não parece lembrar de nada do aconteceu (o que me é uma importante lição para mim sobre o alcool e seus efeitos, pois no estado em que ela estava, em bem provável que ela não lembre mesmo de nada).

Agora bate a insegurança, pois puts, será que eu sou tão ruim assim que elas se afastam? Tipo rola um trauma ou coisa assim? Ou será que é só pura coincidência, pois realmente não foram tantas, na verdade foi bem poquinho, tanto que eu sou tipo a ovelha negra da família nesse aspecto. Sério até zoam com a minha cara. Mas não zoam muito porque faz parte do meu karma de “cidadão médio que não pode reclamar porque tem gente pior” (eu já falei sobre isso, né?), mas eu reclamo mesmo assim…

E esse é o fim de mais um post com texto demais e sentido de menos! Bem, acontece nas melhores famílias…

Anúncios

2 Responses to “Festinha de Aniversário”

  1. neutron Says:

    Olha, eu acho estranho esse negócio de ser amiguinho da ex. Até porque eu acredito naquele ditado “ex bom é ex morto e blablablá”.
    Só que, às vezes, a gente se dá bem melhor com a mina quando termina com ela. Ou não, simplesmente nem fala mais com a mina, ehehehe.

    Pra mim, esse negócio de “ver gente” só vale quando a gente está com os nossos amigos 😉

  2. claudia lyra Says:

    Olha Tales… você e suas inúmeras ex apenas seguem o padrão: não ter contato um com o outro. Se sua irmã se dá bem com o ex dela, isso é pura exceção.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: