Para não dizerem que eu não disse nada!

segunda-feira, 26 / março / 2007

Não sei se vocês sabem, mas esse não é meu primeiro blog. Eu tive outros dois antes deste. E ao mesmo tempo, até que eu resolvi juntar as idéias de cada um e fazer um blog só, este aqui. Mas tive alguns posts bons naquela época, como este abaixo. Quando o escrevi, eu ainda era aluno do 3º ano e tava naquela ansiedade para passar no vestibular. Então o tom talvez esteja diferente.

O Cidadão do Meio

O feriadão está acabando, deu para descansar bastante, pois não fiz praticamente nada o dia inteiro. Devia estar alegre, pois hoje eu teria aula até 19:40… Mas, sei lá porque, eu fiquei com uma sensação de “Tempo Perdido”. Talvez porque eu fiquei em casa, poderia muito bem ter ligado para algum amigo e ido a algum lugar… Devo ter amigos e essa cidade deve ter lugares bons para se ir em feriados. Mas nem me ocorreu essa idéia durante o dia.

Às vezes eu acho que sou eu quem me isola, que se sou invisível, a culpa é toda minha! É estranho pensar assim, quando você passa o tempo achando que quer ser notado, de repente perceber que você é quem não nota os outros.

Pensando bem eu não tenho muito o que reclamar, quer dizer, vivo cercado de pessoas legais, estudo, e estudo em um bom colégio, e sou um bom aluno. Muita gente me admira, e alguns até acham legal meu jeito tímido. Mesmo tendo um jeito meio nerd, já encontrei garotas que gostaram. Tenho um computador em casa, tenho uma televisão só minha e tenho quarto bastante confortável.

Será que é esse meu problema, eu não sou o melhor, mas como tambem não sou pior, acabo desistindo de melhorar e fico estagnado? Serei eu eternamente o garoto nem bonito nem feio, nem esperto nem burro, nem rico nem pobre, nem alegre nem triste, nem alto nem baixo?

Ou tudo isso é só crise de não poder enforcar o feriado por causa que tenho que estudar para poder passar no vestibular? Mistério!

‘té + pr’ocês!

Originalmente postando no dia 7 de setembro de 2006 às 19h28 neste post, neste blog.

Anúncios

3 Responses to “Para não dizerem que eu não disse nada!”

  1. Claudia Lyra Says:

    E como você é agora? Ainda é o “cara do meio termo”?


  2. As convicções são as piores. Eu estou convicta q sou burra, não sou bonita, não sou a melhor e ainda sou pobre e baixinha. O caminho do meio ainda é a melhor opção, acredite!
    Ah! Vim te conhecer por causa da Mamy.


  3. […] um nerd Peso-Pena (traduzindo porcamente), o que comprova minha teoria de Cidadão Médio que eu sou. Nem em termos de esquisitice eu me destaco. Mas isso é bom não […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: